DINO

Flavio Maluf noticia como é possível identificar se sua empresa está ganhando dinheiro

  • por: DINO
  • data: 09/11/2016
O empreendedorismo pode nascer de várias maneiras. Pode ser através de uma ótima ideia, uma necessidade pessoal de se fazer o que gosta ou uma oportunidade de mercado, entre outras. Porém é preciso mais que uma boa ideia e vontade.

É importante que um planejamento sólido e direcionado seja criado para que o negócio possa se desenvolver e se torne sustentável. A falta de atenção às finanças e a algumas questões legais, podem comprometer o andamento do investimento, conforme reporta o atual presidente da Eucatex, Flavio Maluf.

O empresário reporta questões para como avaliar como está o desempenho do seu empreendimento.

Estou alcançando os meus objetivos?

Pressupondo que os gestores colocaram no papel objetivos, traçaram metas realistas e estão conquistando uma fatia do mercado, o próximo passo é avaliar em que fase eles estão. Flavio Maluf destaca a fala de Arnaldo Vieira, coordenador do curso de gestão financeira da FMU "Isso vale não só para os objetivos relacionados às vendas ou contratos fechados, uma vez que não são somente eles quem indicam se uma empresa vai bem". Estabeleça e acompanhe objetivos que priorizem o desenvolvimento humano e de relacionamento, operacional, de estoque, de marketing e comunicação, entre outros pontos que sejam interessantes para o negócio.

O negócio está bem organizado?

A gestão exige um controle maior de pontos-chaves como fluxo de caixa, movimentações que envolvem receitas e despesas, contas a receber e a pagar, crédito, empréstimos feitos e concedidos, investimentos, tributação e etc. Flavio Maluf informa sobre a importância de um sistema integrado de gestão ou planilhas que ofereçam os dados referentes as suas operações financeiras e organizacionais. Não basta apenas ter tudo de cabeça ou escrito em algum lugar, pois isso pode virar uma grande bagunça. Quando o assunto é gestão não se pode faltar controle e organização.

Tenha uma categoria para cada custo/ gasto

Inicialmente separe os custos fixos dos variáveis, assim é possível se preparar para momentos mais delicados, fazer investimentos e ampliações. Os custos fixos são aqueles que precisam ser pagos com certa frequência como aluguel, contas de água luz. Já os custos variáveis modificam de acordo com a produção ou vendas e incluem insumos, frete, comissões, entre outros custos.

Estou equilibrando minhas finanças?

Equilibrar as receitas e despesas é a chave para assegurar o retorno financeiro que se espera de um empreendimento. É bom ficar alerta, pois nem sempre vender muito é sinônimo de equilíbrio. O importante é receber bem, uma vez que existem aqueles casos que os clientes ficam inadimplentes, taxas e outros custos podem diminuir o percentual do lucro e transformar o montante de vendas em prejuízo.

Identifique também quais os produtos que trazem um maior retorno e quais aqueles que somente estão ocupando lugar no estoque. Flavio Maluf destaca a fala de Arnaldo que enfatiza a importância saber identificar os produtos, o que vai ajudar a compor a estratégia de venda e manter o equilíbrio das suas ações.

Para encerrar, o coordenador do curso de gestão financeira, indica que o empreendedor deve ter sempre em mente que no seu negócio é necessário estar presente a organização, disciplina, criatividade e equilíbrio.
logo comunique-se

Copyright © 2016 Comunique-se

imgCaptha